Autores que possuem artigos sobre a história do movimento LGBT brasileiro dentro do campo da comunicação, saúde e direitos humanos já podem submeter os seus trabalhos à Revista Eletrônica de Comunicação, Informação e Inovação em Saúde da Fiocruz. 

A próxima edição da publicação pretende reunir um dossiê sobre o movimento de defesa dos direitos LGBT no Brasil que se iniciou durante a ditadura militar e tem como marco a criação do Grupo Somos, em 1978.

O prazo para submissão dos artigos se encerra em 31 de janeiro de 2019 e a publicação será lançada em jun/19.

Como sugestão para esta chamada, a revista propõe os seguintes eixos articuladores:

  • A formação e a transformação do movimento LGBT no Brasil
  • O impacto da HIV/AIDS e os novos desafios pós-coquetel
  • Imprensa Homossexual
  • Grupos Militantes, Associações e ONGs de ação LGBT
  • Cultura midiática e personalidades LGBT
  • Estratégias e produtos comunicacionais para o engajamento político em torno de causas LGBT
  • Invisibilidades e apagamentos
  • Violência e crimes de ódio contra a população LGBT
  • Comunicação e narrativas públicas de empoderamento
  • Despatologização e descriminalização das identidades de gênero e orientação sexual
  • Atendimento no SUS a população LGBT
  • Travestis e Transsexuais: o acesso ao ensino e o ingresso no mercado de trabalho
  • Interseccionalidade

Mais informações: https://portal.fiocruz.br/noticia/reciis-recebe-artigos-para-numero-especial-sobre-os-40-anos-do-movimento-lgbt-no-brasil

Editor convidado Vinícius Ferreira (UFRJ) explicando objetivo do dossiê.